testata albanese testata cinese testata portoghese testata francese testata inglese testata latino testata coreano testata spagnolo2 testata spagnolo testata italiano

Mais uma etapa da missão em Pauini – Amazônia

Provincia Brasile San Paolo - Gabon

Inserita il: 30/11/2017

0 commentario(i) ...


“Anunciar o Evangelho e doar a própria vida” 

Com muita gratidão ao Senhor e a todos os irmãos e irmãs que nos ajudaram de tantas formas, partilhamos algo sobre mais uma etapa da missão de colaboração com a Paróquia de Santo Agostinho – Pauini, Prelazia de Lábrea/AM, que aconteceu entre os dias 10 a 28 de novembro.
Enviadas por nossas Províncias, nós, Ir. Amelzia Maria Soledade Dias e Suzimara Barbosa de Almeida chegamos em Pauini-AM no dia 11 de novembro após alguns contratempos na viagem. Tivemos a graça de participar da Assembleia paroquial e logo após contribuir na formação anual das lideranças das comunidades ribeirinhas; desta vez aumentou o número de comunidades e líderes participantes. Também realizamos um momento de reencontro com as jovens vocacionadas e conversas de acompanhamento pessoal.
 
Sentimos uma Igreja viva, com muitos leigos comprometidos, que mesmo sem muitos recursos levam adiante a evangelização das comunidades locais. Louvamos também pela experiência de partilha da vida e missão com os Freis Agostinianos Recoletos: José Artenildo Alves da Costa, Joseph Shonibare e Laercio e leigos do conselho pastoral, que não medem sacrifícios para atender com amor e sem muitos recursos a tantas solicitações. 
 
No dia 15 de novembro partimos para a “Desobriga” nas comunidades ao longo do Rio Purus de cima. Já no porto todo enlameado, sentimos mais uma vez o apelo de “tirar as sandálias” para pisar um solo sagrado, o coração de cada pessoa que encontramos nestes dias nas comunidades ribeirinhas. A viagem no barco com as lideranças que vieram para a formação, foi oportunidade para conhecer ainda mais a sua realidade e facilitou a interação e comunicação nos momentos intensos vividos com cada uma. 
 
Juntamente com o frei Artenildo, o comandante do barco Valdemir, as jovens Daniele e Francisca e depois Aparecida Lima, que nos ajudou nos últimos dias, formamos realmente uma equipe missionária como aquela do Apóstolo Paulo, Silvano, Timóteo que vivenciam a alegria do anúncio de Cristo. Compartilhamos esses dias de vida no espaço restrito do barco, uma bela experiência de partilha, entreajuda, fé entre nós e com o povo; com muita alegria para superar os desafios das picadas dos insetos e de subida dos portos embarrados pelas chuvas intensas.
 
De fato, isso foi mais concreto ainda rezando nas novenas em cada comunidade, um trecho da Primeira Carta de Paulo aos Tessalonicenses, tema do mês bíblico deste ano; a partir da leitura orante, cada comunidade compôs a carta que o Apóstolo escreveria hoje a elas, com os pontos positivos e desafios da comunidade. 
 
Foram feitas, como de costume nas desobrigas, também a preparação e celebração dos diversos sacramentos: batismo, eucaristia, crisma, reconciliação, matrimônio.
 
Pudemos vivenciar o concreto da nossa missão de Pastorinhas na cooperação com os pastores e leigos e no acompanhamento das comunidades cristãs, como S. Paulo, que formava e depois retornava para confirmar os irmãos na fé. Retornamos naquelas em que estivemos no ano passado, agora com mais proximidade e mútuo conhecimento com as pessoas; sentimos a alegria de ver as comunidades que cresceram, onde teve mais participação e outras necessitadas de mais ajuda. 
 
Em contraste com a beleza e harmonia da natureza amazônica, constatamos mais uma vez, com tristeza, a piora do atendimento e total falta de políticas públicas para a população ribeirinha, sobretudo com relação à saúde e educação. Sentimos também o apelo missionário, daquela Igreja, de mais partilha de recursos e de pessoas entre as comunidades católicas. Sonhamos que o sínodo convocado pelo papa Francisco sobre a região pan-amazônica abra ainda mais nossos corações para a missão evangelizadora nesta Igreja tão necessitada.
 
Louvamos ao Deus Pastor que nos conduziu em cada passo desta missão, segurando-nos pela mão e sustentando com sua graça e sabedoria em cada momento. Nossa gratidão a cada Irmã Pastorinha, Cooperadores, colaboradores, familiares e amigos que nos acompanharam com sua prece nestes dias. Todos os dias, na missa apresentamos todos a Jesus Vivo e Ressuscitado e sentimos a força da comunhão. Continuemos juntos anunciando com alegria o Evangelho e doando nossas vidas.

 

Irmãs Amelzia da Soledade Dias e Suzimara Barbosa de Almeida





Scrivi un tuo commento


Tutte le informazioni e materiali contenuti in questo sito sono di responsabilità delle Suore di Gesù buon Pastore – Pastorelle.

Risoluzione per meglio visualizzare il portale - 1024 x 768px - Navigatori supportati: IE 7 o superiore - Chrome - Firefox - Safari - Opera

Copyright 2004-2012 - www.pastorelle.org - Tutti i diritti riservati.